O Drama do amor próprio

Porque as pessoas fazem tanto drama diante dessa necessidade da alma?

Porque tanta resistência neste aprendizado?

Viver com menos valia dependendo da valorização de alguém é bom ?

Porque é tão difícil se amar? Porque nos submetemos ao olhar dos outros para nos sentirmos amados e não desenvolvemos nossa própria auto-estima?

Ficamos vulneráveis diante do olhar do outro; vamos amadurecer e aprender a nos valorizar sem a necessidade de aprovação de outro alguém…

É impossível amar outra pessoa verdadeiramente se você não se ama.

É IMPOSSIVEL amar a vida se você não se ama.

O complexo de inferioridade embutido em nosso inconsciente, tem nos levado a projetar o amor pela vida diante de interesses que temos pelas pessoas ou coisas.

Fomos condicionados a fazer aquilo para os pais, aquilo para os professores, aquilo para os amigos, ou não recebemos amor dos pais… e assim recebemos elogios e desenvolvemos um falso senso de pertencimento a realidade, baseados naquilo que somos para os outros; formulamos nossa existência em função do que somos para os outros. Nos escravizamos nos interesses dos outros, ou no nosso interesse infantil de agradar aos outros.

Este processo de construção da personalidade baseado em função de suas relações de doação com as pessoas, te levará a um fracasso existencial. As perdas serão insuportáveis, o sofrimento será arrasador, pois você construiu sua existência diante do que é para as pessoas e não para si mesmo.

Amar a si mesmo e se valorizar pelo que se é, o faz desenvolver-se e criar seu próprio senso de pertencimento a realidade baseado em seus objetivos evolutivos e jamais em alguém.

Jamais crie sua realidade se baseando no que você pode dar ou receber de alguém. As trocas são importantes mas não devem ser a essência da vida.

Crie sua realidade descobrindo a si mesmo e direcionando-se para seu próprio crescimento individualizado, assim, poderá agradar aos outros sem esperar as recompensas e poderá aprender a amar verdadeiramente.

Será preciso um esforço para aprender a se amar e fazer afirmações positivas a seu respeito.

Tenha paciência e caridade com você mesmo, pois será preciso coragem para aprender a se amar e aprender a direcionar sua construção da realidade baseado em aspectos existenciais somente seus.

O ser que se ama verdadeiramente é capaz de se expor diante do outro sem o medo da rejeição, pois não precisa se sentir aceito na medida em que se ama, é autentico, confiante e acredita no seu poder de atração, tendo sempre pessoas boas ao seu redor.

Todos nós temos imensa sabedoria interior, vamos acessar a consciência, parar, nos escutar e redirecionar nossa forma de viver, baseados nas experiências que nos ensinam a amar verdadeiramente.

Porque você nao se ama?

É porque não ganhou bastante dinheiro? Não tem sucesso? Não tem fama? Não tem um bom carro ou uma boa casa?

Qual é o sentido de sua vida?

Quem é você?

O que é que você se dispõe a fazer para mudar sua vida?

Aprofunde sua existência, se ame e ame a vida descobrindo novos valores e novas formas de viver.

Seja você! Acredite em você! Se valorize muito mais! Aprenda a viver para se superar a cada dia! Construa desafios evolutivos autênticos!

 

Your browser is out of date. It has security vulnerabilities and may not display all features on this site and other sites.

Please update your browser using one of modern browsers (Google Chrome, Opera, Firefox, IE 10).

X