Cuidado com as tendências aos vícios.

A porta para o mundo das emoções mundanas pode ser uma prisão.

Todos os vícios são estimulados pela mídia, e os egos estão com necessidade
de vibrarem na auto – afirmação, aumentando ainda mais o desejo do uso das
drogas e da crença no poder de se ter auto controle sobre o uso das mesmas.

Atendo pessoas viciadas em maconha,pornografia e cocaína que começam
sempre com essa frase: eu posso controlar o uso. Grande ilusão. Lembrando
que o vício pelo sexo mundano também é uma prisão.

Neste mês de fevereiro(2015) Arcanjo Miguel nos envia uma mensagem,
canalizada por Ronna e trago aqui um trecho que nos ajuda a refletir sobre os
desejos e vícios.

“Aprendam a distinguir entre os desejos do Espírito e o desejo da
personalidade egoica. Os desejos do ego querem e precisam de ter bases
emocionais, em que vocês olham para fora de si, para algo, alguém ou algum
evento para satisfazer seus anseios interiores. O ego nunca está satisfeito, e
está continuamente à procura de algo ou de alguém novo para satisfazer os
anseios, que na grande maioria das vezes se transformam em dependências.
Quando vocês estão em harmonia com o Espírito, todos os seus desejos/necessidades
físicos são sutis e estão aguardando que vocês os
reivindiquem – esperam e exigem que seja assim. No entanto, vocês precisam
ser parceiros ativos e realizar as ações físicas necessárias para trazer os seus
sonhos puros à manifestação. Vocês precisam ativar e atrair as vibrações
positivas necessárias para manifestar as suas visões na forma física.

O plano da Terra é um mundo estimulado por ação e reação. Em um mundo de
polaridade e dualidade, as forças em oposição têm sido os seus melhores
professores. As experiências negativas trazem à consciência a sua própria
verdade, por meio de experiências válidas. Chegou a hora de colocar de lado a
indecisão. Sintam, percebam com o seu coração e conhecimento interior quais
ações ou pensamentos são corretos ou incorretos. À medida que aprendem e
obtêm sabedoria a partir dos acontecimentos ou de uma interação com outra
pessoa, vocês não terão mais que experimentar a síndrome de causa/efeito
das suas ações negativas (conhecido, de outra forma, como carma).
É vital que vocês compreendam o verdadeiro significado da vida”.

 

Your browser is out of date. It has security vulnerabilities and may not display all features on this site and other sites.

Please update your browser using one of modern browsers (Google Chrome, Opera, Firefox, IE 10).

X