Saindo da frequência da acusação

 

A frequência da acusação é uma grave situação, pois quando somos acusados de algo ou
quando acusamos alguém, nos limitamos ao senso de soberba ou ao senso de
vitimização.

Acusar nos leva a vaidade e logo, ao ego, e nos leva a vítima, logo, também ao ego.
Se sentir vítima de uma acusação e sofrer entrando em depressão por isso é um caminho
de perda de energia e fracasso, logo, o que deve ser retirado de seu caminho é a vítima
que quer crescer dentro de você. Os obstáculos maiores serão retirados de sua vida no
tempo do livre fluxo do universo.

Tenha paciência, sabedoria e fé! Não se vitimize e não entre no jogo de acusar alguém,
mesmo que esse alguém seja uma pessoa completamente ignorante e mesquinha, não
acuse, pois a acusação somente alimenta maus pensamentos e más vibrações. Observe,
tenha suas conclusões e silencie fazendo escolhas melhores.

É IMPORTANTE termos fé na vida, pois a própria lei do crescimento da vida se
encarrega de colocar tudo no seu lugar, inclusive as atitudes equivocadas de algumas
pessoas, por isso não vale a pena acusar.

Se liberte do sentimento de vítima de ter sido alvo da maldade de alguém. Não existe
vítima na perspectiva da psicologia analítica, pois o Seu Self se responsabiliza por todas
as experiências que você atrai em sua vida.

Atraímos perdas ou dificuldades para sairmos de nossa zona de conforto e crescer.
Aprendemos assim, a olhar para a vida com maior profundidade, pois estamos ainda
todos cegos em nossa própria realidade planetária, ainda somos cegos em busca da
verdade.

As tribulações nos ajudam a abrir os olhos e nos ensinam a fazer escolhas melhores.
Vamos cuidar de nossas mentes para que possamos assumir de coração aberto e de
cabeça erguida todas as nossas escolhas e tribulações, e assim prosseguir com
humildade, perdão, consciência e fé!

Somos responsáveis por tudo o que atraímos! Somos responsáveis pela mudança de
nossas crenças e perspectivas!

A intenção do Todo é a amplitude de nossas consciências!

Paz

 

Your browser is out of date. It has security vulnerabilities and may not display all features on this site and other sites.

Please update your browser using one of modern browsers (Google Chrome, Opera, Firefox, IE 10).

X