Perdoar

Sofrer por não Perdoar

 

Quando o processo do perdão nos abraça, surge grande alívio e libertação.

Quero falar para você que está doente, ou está sentindo dores no corpo, por estar de forma inconsciente querendo punir alguém que convive com você, em função de sua mágoa por este alguém.  Às vezes, de forma inconsciente, você manifesta  sofrimento para atormentar a vida de alguém e ser um fardo para essa pessoa, porque ela te fez mal.

Infelizmente nosso inconsciente pode ser maldoso, pois nele habita aspectos sombrios de nossa alma, e por vezes você pode adoecer só para gerar problemas ou inquietar a vida de alguém que te magoou, esse alguém pode ser seu pai, ou mãe, ou cônjuge ou filho…

O processo do perdão a nível profundo necessita de coragem.

Coragem, pois perdoar de fato o agressor, significa não levar em consideração, o fato de seu agressor saber ou não se você o perdoou.  O seu agressor pode não se dar conta da mágoa que te causou, e não adianta você ficar sofrendo, pois ele não vai mudar por sua causa, ele não vai te amar mais porque você reclama de dores, ele não vai mudar para te agradar.

Você pode escolher perdoar sem precisar provar ao seu agressor que ele fez algo de errado em sua vida. Não precisa se vingar sofrendo tanto, não precisa da vingança e muito menos da dor, você pode escolher perdoar. Seja você. Não viva a vida do outro.

O processo do perdão é unilateral, quem decide perdoar é você. O outro pode ou não te pedir perdão, o outro pode ou não ter consciência de seu egoísmo; o outro pode ou não mudar. São escolhas dele, que pertencem ao grau de consciência dele. Cabe a você aceitar, perdoar e saber que o outro jamais saberá o quanto ele te magoou, não adianta querer mostrar ao outro o quanto você sofre com as magoas que ele te causou, ele não vai se aperceber… solte as magoas, solte as dores do seu corpo e solte a necessidade de sofrer para demonstrar a alguém o quanto esse alguém te fez sofrer. Desista.

O perdão real não precisa ser dito, muito menos demonstrado.

Perdoar é uma atitude de liberdade interna.

Você pode escolher perdoar.

Perdoe o outro, perdoe a si mesmo. Não se maltrate. Se ame.

Se o outro perceber o quanto te magoou, ótimo, se não, ótimo também, a consciência é dele, a evolução é dele, a escolhas dele são dele.

Seja você.

Seja livre.

Perdoe e aprenda a ser cada dia mais você mesmo! Se conquiste!

Liberte-se.

 

 

Your browser is out of date. It has security vulnerabilities and may not display all features on this site and other sites.

Please update your browser using one of modern browsers (Google Chrome, Opera, Firefox, IE 10).

X