O bom uso do dinheiro

Há certas atividades que devem ser geridas pela presença de nosso ser interno. Uma delas é a
atividade do bom uso do dinheiro.
Infelizmente, temos a tendência de viver a realidade monetária através dos desejos de nossa
mente. Essa tendência nos leva ao fracasso financeiro.
Quando aprendemos a gerenciar o dinheiro com cuidado, atenção e desapego, poderemos ter
mais saúde financeira.
Se tens o pensamento: “isso é tudo o que possuo” , estás
se rendendo ao fracasso.
É NECESSÁRIO O DESAPEGO QUE LHE FAZ DESLIGAR-SE DA INFLUENCIA DO DINHEIRO.

ELE É APENAS UM MEIO DE TROCA, E SE VOCE NÃO APRENDER A VALORIZAR
OUTRAS EXPERIENCIAS DA VIDA, ESTARÁ FADADO A VALORIZAR SOMENTE A EXPERIENCIA DA
BUSCA PELO DINHEIRO. ESTE CAMINHO LEVA AO FRACASSO.
A experiência da busca deve ser leve, a sua fé na presença do poder de Deus em ação deve ser
maior.

“Mentalize Eu Sou a opulência de Deus em ação”

A administração do dinheiro deve ser uma atividade de sua capacidade intelectual intuitiva e
não mental desejosa. O cérebro é o local que começa a registrar a informação do desejo, que
gera obstrução do livre fluxo da energia monetária. O cérebro é o ponto de partida do
desenvolvimento de idéias e conceitos errôneos, que adoecem o corpo e a vida material.
Contudo, a atenção mantida na observação da experiência pode fazer sua energia ser
direcionada para a ponte mente coração, que terá sabedoria e discernimento no bom uso do
dinheiro, e na fé que gera prosperidade. Assim, o cérebro passa a ser o registrador das
informações processadas na consciência.
Lembrando que o desapego dos desejos é o mais importante ponto a ser trabalhado.
Simplicidade, observação, intuição e fé em si mesmo. Fé na Divina Presença de Deus em você.

 

Your browser is out of date. It has security vulnerabilities and may not display all features on this site and other sites.

Please update your browser using one of modern browsers (Google Chrome, Opera, Firefox, IE 10).

X